9 Razões porque imitar os outros dá Dinheiro

Imitar os outros dá dinheiroEm vez de ficares preso a pensar qual será a próxima grande inovação, considera as seguintes razões porque é melhor imitar e melhorar uma ideia existente.

A inovação é uma coisa ou um ato que nestes dias é muito popular, webmasters e blogueiros procuram diariamente por novas formas de ganhar dinheiro online.

Na minha leitura diária pelo site Inc.com, encontrei o artigo “9 Reasons Why It Pays to Imitate“, relacionado com a área de criar websites e inovação, onde mostram que imitar um site ou ideia é um processo que muitas vezes acaba por gerar resultados positivos.

“A vantagem de ser o primeiro a chegar, significa que a empresa foi a primeira a entrar no mercado ou a primeira a usar uma estratégia em particular”

e

“A vantagem de ser o último a chegar, é a posição ganha pelas empresas que entram tarde num mercado, normalmente depois das primeiras empresas ou inovadores. As últimas empresas usualmente imitam as estratégias de outras empresas ou reduzem os riscos até o novo nicho de mercado estar estabelecido.”

Navdeep Mundi, Professor de Gestão na Marshall School of Business na Universidade do Sul da Califórnia

Por outras palavras, o Google e o Facebook são exemplos de empresas que permitiram que os seus antecessores tomassem conta do seu nicho de mercado, até que eles (Google e Facebook) entraram em ação, com melhores tecnologias e métodos de gestão mais eficazes. Ser o último a chegar não pode ser comparado com a técnica usada em corridos de cavalos, motos e automóveis, onde o competidor direto define um passo. E mais tarde, o competidor começa a ficar cansado e fica para trás.

Se ainda não estás convencido, considera as 9 razões seguintes partilhadas por empreendedores, porque imitar muitas vezes é melhor do que criar algo novo.

1. Refinar é mais fácil

“Há uma curva de aprendizagem muito grande ao criar qualquer coisa”, disse a Dr. Larina Kase, psicóloga de negócios. “Depois disso a energia necessária é menor. Ao saltar este afluxo inicial de energia os recursos são liberados e estão agora focados na perfeição e maximização. A inovação está relacionada com resolver problemas. Quando baseias o teu negócio num modelo já existente, podes focar-te no que funciona e no que não funciona para os consumidores (em vez de concentrares-te em criar um modelo de negócio). Podes concentrar-te nas necessidades dos clientes, que ainda não foram satisfeitas ou em criar um produto ou serviço inovador para satisfazer essas necessidades.”

2. Ponto de início

“Todo o mundo precisa de um ponto de partida, mas escolher um lugar para começar e definir os seus prazos próprios é difícil” disse Marc Quadagno do Grupo Raw Talent, que desenvolve o software de educação musical Raw Talent Guitar. “Analisar onde os outros tiveram sucesso é uma boa maneira de saber em que ponto estás e até onde deves chegar. Além disso, vais sentir que as tuas decisões não são arbitrárias. Tens que conhecer que o teu trabalho vai fornecer-te recompensas, e NÃO ser o primeiro dá-te o conhecimento necessário sobre os sucessos de outra empresa, mas o mais importante, os seus fracassos.”

3. Gasta melhor o teu dinheiro

“Ser o primeiro a fazer qualquer coisa num nicho de mercado é uma m*rda” disse Carol Roth, consultora empresarial e autora do livro The Entrepreneur Equation. “E sabes porquê? Porque tens que educar os consumidores e isso é custa bastante dinheiro. Educar os consumidores sobre um novo produto ou serviço leva tempo, esforço e uma grande quantidade de dinheiro. De fato, às vezes a melhor estratégia é ser o segundo ou terceiro a aparecer – deixa outra empresa gastar dinheiro a educar os consumidores.”

4. Aprende através dos seus erros

“Uma inovação ou nova ideia é um risco, não testado ou inexperiente”, disse John White da BestEssayHelp. “A imitação ajuda a corrigir bugs no ideia inicial de negócio. A pesquisa e os casos de estudo podem identificar problemas e falhas graves em qualquer negócio. A imitação ajuda a evitar esses erros e ainda mais importante, ajuda a trazer algo novo para o produto ou serviço existente.”

5. Mantém-te ágil

“Se o primeiro a chegar tem uma posição forte no mercado, existe uma forte chance que sejam muito bons no que fazem e que sejam enormes, que não estão numa posição de fazer mudanças rápidas ou inovar.” disse Sean MacPhedran, gerente de duas empresas: Tomorrow Awards, uma série sobre publicidade; e Giant Hydra, empresa que fornece crowdsourcing para agências de publicidade.

6. Pesquisa melhor

“A etapa de customer research é mais fácil porque as pessoas estão familiarizadas com o produto ou serviço”, disse John Paul Engel da Knowledge Capital Consulting. “É impossível criar um grupo de foco ou testes de utilizador no abstrato. No entanto, é relativamente fácil comprar alguns produtos da empresa que lidera o mercado, para mais tarde sentar-se com clientes e descobrir o que está bem ou o que poderia ser melhorado.”

7. Dá o teu melhor

“Os consumidores gostam de coisas que são o mesmo mas com algumas diferenças”, disse a consultora de negócio Lisa Jackson da Corporate Culture Pros. “Somos criaturas do hábito, é por isso que 75 por cento da população compra produtos com o qual está familiarizada. É por isso que o ‘Novo e Melhorado’ vende.”

8. Aprende técnicas de marketing

“Observa o estilo e a linguagem dos teus competidores”, disse Jovia Nierenberg da Experience in Software, responsável pelo desenvolvimento da plataforma de software  de gestão de projetos, Webplanner. “Lê os seus materiais promocionais – Twitter, Blog, Website, página do Facebook, etc”. “Também é aconselhável prestar atenção às publicações que analisaram, mencionaram ou entrevistaram as empresas concorrentes.”

9. Pede dinheiro

“É muito mais fácil conseguir financiamento para um ideia já comprovado no mercado”, disse Engel da Knowledge Capital Consulting. “Depois do sucesso inicial do Myspace, por exemplo, os investidores estavam mais recetivos e interessados em investir em empresas como o Facebook”.

 

Quer seja um negócio online, um website ou um negócio offline estas 9 razões são válidas. O que achas?

Segue o Criar Websites no Facebook e Twitter.