Como Resolver Site Penalizado pelos Motores de Busca

Penalização dos Motores de BuscaO seu site antes recebia bastantes visitas através dos motores de busca e agora recebe menos visitas? Siga estas dicas para começar novamente a receber bastantes visitas!

Durante anos que nos dedicamos exclusivamente a criar websites com qualidade e a gerar bastantes quantidades de tráfego através dos motores de busca, contudo os erros acontecem frequentemente e do nada, notamos que algum dos nossos sites pode ter descido no ranking dos resultados das pesquisas de um dia para o outro, como se tivesse desaparecido. O nosso sentimento é de tristeza e de revolta porque parece que tudo desapareceu, no entanto bastam algumas medidas para recuperar o tráfego de volta e continuar a ganhar dinheiro com as visitas grátis através dos principais motores de busca. Se você tem o seu site penalizado ou já lhe aconteceu o mesmo, aqui ficam algumas dicas importantes a ter em conta:

  1. Links quebrados – Os links quebrados são a primeira lição para começar a descer nos rankings dos motores de busca. De facto quando isto acontece, o seu site pode descer drasticamente nos resultados das pesquisas. Normalmente os links quebrados acontecem quando você elimina artigos, o site para onde tem um link deixa de estar online, os seus visitantes comentam com links quebrados, entre outras coisas.
  2. Problemas no servidor –  Este erro é comum quando os bots dos motores de busca tentam aceder ao seu site e não responde ou demora bastante tempo a carregar. Se você sabe que os seus sites vão ficar fora do ar durante algumas horas, você pode configurar o código 503 para dizer aos motores de busca para tentarem novamente. Você também pode usar o plugin de manutenção do WordPress, que cria automaticamente uma página 503 para si.
  3. Ficheiro Robot.txt – O ficheiro de texto robot.txt é um dos ficheiros mais importantes, porque pode bloquear o acesso dos motores de busca ao seu site. Basta um simples erros para bloquear por engano os motores de busca e deixar de receber visitas de volta.
  4. Erros no seu sitemap – Se você utiliza um plugin para criar o seu sitemap, é importante que verifique se está correto. Pois, podem existir alguns plugins com erros, URLs duplicadas ou páginas que não existem.
  5. Título do site duplicado – Anteriormente era fácil de ficar bem classificado no Google e outros motores de busca. Bastava usar bastantes vezes a palavra-chave principal para conseguir ficar nos primeiros lugares. Contudo, depois de várias alterações ao Google Ranking, o conteúdo duplicado agora é considerado como uma forma de tentar “alterar” a posição do site nos motores de busca e por essa razão é penalizado. Por isso, se o seu site tem títulos com palavras duplicadas, é importante que tenha mais atenção e modifique.
  6. Links a desaparecer – Os links para o seu site que estão em outros sites, blogs e fóruns ajudam o seu site a subir nos motores de busca. Contudo, existem muitas vezes parcerias que acabam sem você ser avisado ou o seu link foi retirado sem você saber. Isso pode causar com que o seu site desça algumas posições nos resultados das pesquisas.
  7. Site hackeado – O seu site pode conter malware ou outro tipo de ficheiros infetados. Esta é uma má experiência para os seus visitantes, pois poderão chegar a partir do Google ou de outros motores de busca, e serem avisados que o seu site contém ficheiros infetados, deixando de visitar o seu site. Se você tem ficheiros infertados, tente contactar a empresa de alojamento web e peça ajuda.
  8. Concorrência forte – A concorrência hoje em dia é bastante forte. Ganhar dinheiro online é o sonho de todos, por essa razão cada vez mais pessoas tentam a sua sorte online e criam um site. Algumas dessas pessoas poderão ser mesmo boas e conseguirem criar sites que tenham capacidade para concorrer com o seu. O segredo aqui é tentar manter sempre o visitante contente. Enquanto isso acontecer você está safo.