Análise da Concorrência

Análise ConcorrentesAnalisar a concorrência está a tornar-se cada vez mais numa estratégia importante antes de construir um site sobre um determinado nicho de mercado.

Como já não existem nichos de mercado por descobrir, este passo vai ajudar-te a compreender qual a estratégia que deves seguir para conseguir ficar em primeiro lugar no Google ou pelo menos conseguir ultrapassar a concorrência.

Embora os sites e blogs concorrentes tenham mais visitantes, conteúdo, seguidores nas redes sociais e contem com mais tempo online, se tirares partido dos pontos fracos da concorrência, poderás ter sucesso ao preencher algumas das suas lacunas.

A análise da concorrência não é nenhuma ciência exata mas foca-se em determinados aspetos que são considerados importantes pelos motores de busca, que temos vindo sempre a falar nas nossas dicas SEO. Para fazer uma análise da concorrência o mais detalhada possível tens que centrar-te nos seguintes pontos:

  1. Quais são os pontos fortes do site ou blog? e os seus pontos fracos?
  2. Quais são os temas que aborda e como está relacionado com o nicho?
  3. Qual é a frequência de publicação de novos artigos?
  4. Quantas palavras são usadas (em média) em cada artigo?
  5. Qual é o público-alvo dos artigos (empresas, clientes, potenciais clientes, etc)?
  6. Quais são as palavras-chave usadas?
  7. Quais são os artigos mais populares?
  8. Qual é tipo de template usado? É estilo magazine, blog ou site?
  9. Quais são os programas de afiliados usados?
  10. Quais são as maneiras de ganhar dinheiro usadas?

Além disso, também é importante saber como foi realizada a estratégia de linkbuilding da concorrência – analisar os backlinks. Contudo, é importante ter em conta que caso estejas a lidar com um nicho com bastante concorrência, ficar bem classificado nos motores de busca vai exigir de ti uma estratégia de longo prazo e não qualquer coisa que fazes em 2 dias ou numa semana.